surubim

  • 17619132_1250757921638228_2021012392_n.jpg

HISTÓRIA

dscn0732-1.JPG
O município de Surubim originou-se de uma fazenda de gado, pertencente a Lourenço Ramos da Costa. Em 1864, ele construiu um oratório dedicado a São José, onde o padre português Antônio Alves da Silva celebrava as missas dominicais. No entorno do oratório surgiram as primeiras casas. Em 1878, o oratório foi substituído por uma capela. Em 8 de junho de 1891, a lei provincial nº 1585 criou a freguesia de São José de Surubim, instalada em 1885 e regida canonicamente pelo padre José Francisco Borges.
A cidade tem este nome em homenagem ao boi Surubim que foi atacado e devorado por uma onça nas terras do fazendeiro Lourenço Ramos onde hoje se encontra o atual município.

CAPITAL DA VAQUEJADA

17618910_1250757871638233_377889802_n.jpg
Conhecida como a Capital da Vaquejada por ter a mais antiga e tradicional festa de vaquejada do mundo, o município realiza na terceira semana do mês de Setembro, a Festa do Gado, que chega a atrair cerca de 100.000 visitantes. A cidade também ficou imortalizada nos versos da música do Quinteto Violado e da dupla de forró Sirano e Sirino.

CHACRINHA

captura-de-tela-2017-05-06-s-14-49-43.png
Surubim também é conhecido pelos seus ilustres filhos, um deles é Abelardo Barbosa (Chacrinha, o Velho Guerreiro) um grande comunicador de rádio e o maior nome da televisão brasileira.

CAPIBA

captura-de-tela-2017-05-06-s-14-52-25.png
Outro ilustre filho de Surubim é Lourenço da Fonseca Barbosa (Capiba), um dos maiores compositores de frevo de Pernambuco.

FESTA DE SÃO JOSÉ E SÃO SEBASTIÃO

17619726_1250751294972224_965467518_n.jpg
Destacamos também as tradicionais festas dos padroeiros, São José (mês de Março) e São Sebastião (mês de Janeiro).

CARNAVAL DE SURUBIM

17554819_1250753104972043_1714675400_n.jpg
O Carnaval em Surubim é destaque no primeiro final de semana depois do Carnaval, com o tradicional desfile das virgens, que constitui-se um dos maiores carnavais fora de época de Pernambuco, atraindo grande público.

FEIRA LIVRE

17618852_1250757664971587_1482290933_n.jpg
Outro grande atrativos, em Surubim, é a feira livre que todos os sábados se instala no centro da cidade. Originariamente a Feira do Loré vendia apenas retalhos de tecido. Hoje, espalhados pelos bancos e pelo chão, encontra-se as mais diversas mercadorias: são roupas, sapatos, discos, objetos e produtos dos mais variados. No local existem vários bancos com comidas típicas, como bolo de mandioca, cocada, tapioca, sarapatel e rapadura.